sábado, 14 de abril de 2012

O auge da joalheria Art Déco






Olá Amigos! Nestes novos posts a conversa é sobre o que define uma joia “Art Déco”. Como reconhecê-la? Em que décadas esse estilo de joalheria atingiu o seu auge? Como surgiu o movimento depois reconhecido como Art Déco? Quem sabe você não tem uma joia com as características que vou descrever guardada em alguma caixinha ou cofre? Vale a pena conhecer o valor de uma joia bastante artística do período Art Déco. Ela pode representar a realização de um sonho que você há muito tem vontade de realizar. Vamos lá.




Como reconhecer uma jóia Art Déco


As décadas de 1920 e 1930 marca o auge da joalheria com inspiração nas figuras da Antiguidade e do Oriente formando um belo contraste com as formas geométricas e materiais inovadores. Os matérias diversificaram-se permitindo a criação de peças mesclando os preciosos metais platina e outro com pedras opacas e com o coral, jade, ônix e lápis lazuli. Rubis eram encravados sobre uma transgressora base de plástico. Os motivos figurativos que inspiuraram os grandes joalheiros e estilistas dessa época surgiam da Grécia, do Egito, das tribos africanas, do Oriente e da era pré-colombiana formando um ousado e instigante contraste com as formas rigorosamente geométricas da estrutura das Joias, influenciadas pelos movimentos Cubista e Futurista das Artes Plásticas e da Arquitetura.






Os grandes mestres franceses das joias Art Déco


As pressões sociais e econômicas que sucedera a Primeira Guerra (1914-1918) trouxeram o anseio por formas mais clean, materiais inovadores e menos caros para a confecção de joias e em outras manifestações artísticas e industriais. Vivia-se a época das melindrosas, a Era do Jazz e também o boom da produção em massa de bens de consumo. A Art Déco teve o seu auge, portanto, nas décadas de 20 e trinta do século XX e sua proposta espalhou-se pelos principais centros culturais e produtivos do mundo. Paris era a cidade catalizadora. Nada mais natural que também fossem franceses os mais significativos joalheiros cujas criações identificavam-se com a Art Déco: Maison Cartier, Boucheron, Maubusson, Chaumet, Van Cleef, para citar alguns.




René Lalique , criou preciosas jóias de vidro


O grande ourives francês René Lalique criou, de forma pioneira, joias de vidro (principalmente pingentes e broches) com românticos desenhos inspirados na Natureza. Famosos são os seus broches em baquelite, que tão bem caracterizam as joias do período Art Déco.







Afinal, o que é a Art Déco?

Art Déco é, convencionalmente, o movimento que influenciou as artes, a indústria em suas diferentes manifestações durante o período de 1912 a 1939, Ana que marca o início da Segunda Guerra. Ela surgiu como uma reação ao estilo Art Nouveau e Paris foi, novamente, a grande lançadora das tendências daqueles novos tempos. Tanto assim que, em 1925, o movimento foi “oficialmente” batizado Art Déco a partir da “Exposição das Artes Decorativas e Industriais Modernas” realizadas na capital francesa. Voilà!

Tomara que com esses posts tenha ficado mais fácil você dar uma espiada “naquela” caixinha secreta e identificar se é feliz proprietário ou a feliz proprietária de uma jóia verdadeiramente Art Déco.